fbpx
Pular para o conteúdo

Como Aquecer minha Piscina?

Como Funciona Energia Solar?

Principal razão, economizar na energia elétrica: A maior ou uma das maiores fonte de consumo de energia elétrica em uma residência é o chuveiro elétrico, apenas isso já justificaria a instalação de um sistema solar, no entanto há outros alvos em que a água quente gera substancial economia a qual raramente se encontra quem faça esse cálculo.

Ex. Quando alguém põe água pra ferver e fazer um café ou cozinhar, será necessário elevar a temperatura da água que esta por volta de 18°C até os 100° (fervura) no entanto se essa água já chegar na chaleira ou panela com a temperatura de 60° o tempo e o consumo de gás serão muito menores, e essa conta se repetira no mínimo 60 vezes por mês ou seja, já pode imaginar que valor é considerável.

O que Precisa para Instalação:

  1. Coletor solar
  2. Controlador digital de temperatura (CDT)
  3. Sensores
  4. Válvula quebra-vácuo
  5. Válvula de retenção
  6. Poço de sensor
  7. Tubos de conexão em PVC
  8. Fio 2,5 mm 
  9. Fio telefônico

A instalação pode ser feita em piscinas prontas ou em construção.

Como Funciona o Trocador de calor

trocador de calor é um sistema de aquecimento (ou esfriamento) que é aproveitado em diferentes processos  industriais e residenciais, como os que incidem nas geladeiras e nos aparelhos de ar condicionado. Seu funcionamento incide basicamente na troca de calor entre ambiente externo e interno, ou então, entre substâncias de temperaturas diferentes. 

No caso das piscinas, ele utiliza o próprio calor do ar para aquecer a água. Através de um aparelho de passagem, a água fria entra por um tubo aquecido, retornando à piscina em uma temperatura mais agradável.

Por que optar por um trocador de calor para aquecer sua piscina? Conheça 4 vantagens que vão te fazer querer um!

 

Mais econômico do que os aquecedores elétricos

Dada a sua eficiência energética, o trocador de calor tem sido considerado uma extraordinária solução para aquecimento de piscinas. Embora elétrico, ele é até 80% mais econômico quando comparado às demais alternativas do mercado que utilizam resistência elétrica.

Trocador de calor é uma opção sustentável

Além disso, vale a pena destacar que o trocador de calor não utiliza gás ou qualquer outro combustível no processo de aquecimento. Segundo mencionamos anteriormente, ele usa energia elétrica e o próprio ar quente do ambiente externo para aquecer a água.

Sendo assim, você garante mergulhos mais agradáveis de dia, de noite ou no inverno, sem poluir o meio-ambiente. Outro detalhe simpático é que uma vez aquecida a água, o equipamento vai trabalhar somente na manutenção desse aquecimento, o que reduz ainda mais o consumo energético.

 

Solução inteligente

E caso ainda não esteja convencido que um trocador de calor é um excelente investimento para a sua área de lazer, segue mais uma vantagem atraente sobre o equipamento: a sua praticidade. Ele é equipado com um painel inteligente que te aceita acompanhar todo o processo, bem como definir a temperatura ideal da água.

 

Fabricado com materiais anticorrosivos 

Por fim, mas não menos importante, vale a pena destacar que o condensador do equipamento é feito de titânio, um metal altamente resistente à corrosão. Por isso, ele pode ser submetido ao cloro e aos demais produtos usados no alimentação da água da piscina sem comprometer a sua durabilidade.

Certamente agora você já conhece as vantagens de ter um trocador de calor em sua piscina, não é mesmo? Então que tal adquirir o seu para reunir a galera mesmo em dias mais frios? Conheça as soluções da Pau e Agua Outdoor Living para manter a água da piscina quentinha o ano todo.

SISTEMA DE AQUECIMENTO A GÁS PARA PISCINAS

O uso do gás para elevar a temperatura da água de piscinas não é uma coisa nova. É uma tecnologia conquistada e sua permanência já mostra que apresenta vários pontos positivos.

Vamos abrir falando deles, os pontos positivos do aquecedor a gás para piscinas…

PONTOS POSITIVOS DO AQUECEDOR A GÁS PARA PISCINAS

Um dos primeiros pontos que precisa ser ressaltado é o fato destes sistemas de aquecimento baseados na combustão de gás natural ou gás GLP oferecerem um Delta incrível. Chamamos de Delta, a diferença entre a temperatura da água que entra no aquecedor e a temperatura que arreda do aquecedor. Isso se traduz na velocidade com que este tipo de sistema aquece a piscina.

Comparado com um trocador de calor, que oferece um Delta de aproximadamente 3º Celsius, o aquecedor a gás ultrapassa o diferencial de 10º Celsius!

Pelo acontecimento de aquecer a piscina mais rapidamente, ele possibilita que o aquecimento da piscina possa ser pontual, esporádico, o que é admiravelmente burocrático quando o aquecedor é uma bomba de calor. Demorando para aquecer a piscina, o trocador de calor necessita ser ligado vários dias antes do dia em que se deseja a piscina aquecida.

Com um aquecedor a gás, é aceitável ligar o aquecedor e ter a piscina quente em poucas horas de funcionamento. É bem mais simples, certo?

Um outro ponto positivo é o tamanho do equipamento. Ele é denso e consideravelmente mais leve do que bombas de calor e sistemas de aquecimento solar usados em piscinas. Seu volume é pequeno e pode ser comparado a um pequeno criado mudo.

Além do tamanho, da leveza e da alta eficiência, este tipo de sistema não depende do tempo para elevar a temperatura da água. Trocadores de calor e principalmente aquecedores baseados na energia solar, sofrem muito com os longos períodos sem sol ou com muita chuva. O aquecedor a gás “não quer nem saber do sol”! Ele é como um fogão: basta acionar um botão e já está aquecendo!

PONTOS NEGATIVOS DO AQUECEDOR A GÁS PARA PISCINAS

Como nem tudo são flores, e nós gostamos de ser honestos com você que acompanha nosso conteúdo, precisamos falar também dos pontos fracos deste tipo de sistema.

Aquecedores a gás não se destacam pela economia quando comparamos com o aquecedor solar nem tampouco quando comparamos com as bombas de calor. Ao contrário do que muitos pensam, para oferecer um diferencial de temperatura tão grande, o sistema consome muito gás e a conta no final do mês pode assustar você que imagina que “o gás é mais barato”.

Este consumo de gás pode gerar uma conta que chega a ser o dobro do consumo de um trocador de calor.

Outro ponto que não é tão bom se refere à praticidade. Para fazer uma automatização real, que não inclua a troca de botijões de gás, e sim um sistema de fornecimento de gás encanado (comum em prédios e condomínios), o custo da instalação pode ser maior. Além disso, caso não seja possível obter o gás encanado, de tempo em tempo será necessária a substituição dos botijões, o que não ocorre no aquecedor solar nem nos sistemas baseados em trocadores de calor.

Open chat
1
WhatsApp
Olá, Precisa de Ajuda? Estamos Online 👍